Acidentes com idosos – qual o melhor caminho para prevenção?


Com a proximidade das Olimpíadas do Rio, uma cena chamou atenção esses dias: o tombo levado pela CEO do Magazine Luiza ao levar a tocha olímpica por 200 metros.

Link para a notícia

Por mais trágico ou cômico que seja, uma análise médica/ortopédica/esportiva levanta uma questão preocupante: acidentes com idosos.

Segundo a SBOT( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), 30% dos idosos sofrem algum tipo de queda, levando, desde escoriações e hematomas até fraturas graves com sequelas irreversíveis ou morte.

Assista ao vídeo abaixo e observe o mecanismo da queda desta senhora a partir de 1:00

Podemos notar que não há um mecanismo de proteção automático no momento da queda. Mas, o que isso quer dizer? É muito simples: ao cair, não há reflexo para aparar a queda. Os braços não vão à frente para proteger o rosto, não há coordenação entre os passos causando a queda. Isso acontece com a maioria dos idosos no momento da queda, levando a fraturas diversas, limitando a sua função e se não for feita uma reabilitação adequada, as sequelas são irreversíveis em termos funcionais, tirando a independência desses indivíduos com probabilidade, inclusive, de óbito por consequência.

E como prevenir?

Mudanças nos ambientes internos das casas, com apoios, retirada de móveis de canto, tapetes etc ajudam a reduzir os riscos nos ambientes controlados.

Já para o dia-a-dia, atividades físicas são fundamentais para manter a independência dos idosos, força muscular e equilíbrio. Vemos na prática clínica diária que os idosos fisicamente ativos são os que apresentam melhor coordenação, independência, cognição e equilíbrio. Os exercícios mais indicados são musculação, treinos funcionais e de flexibilidade.

newguideline

Devido à idade, uma avaliação médica é necessária para liberação para atividades físicas.

Consulte um ortopedista e um médico do esporte para avaliação. Se há problemas de base, como diabetes, hipertensão, etc, o especialista nessas áreas deve ser consultado em conjunto com aqueles citados.

Dr Luiz Tintori, CRM SP 129.789, é ortopedista, cirurgião de quadril com formação em medicina do esporte.




Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

× Tire Suas Dúvidas