Pimenta como alimento termogênico.


Quem nunca comeu algo apimentado e começou a ter valor, suadeira? Pois é!

A pimenta é rica em capsaicina, que estimula a termogênese(geração de calor) no corpo por ativar o funcionamento da gordura marrom.

A gordura marrom são pequenos locais do corpo, perto do pescoço, ombros e tórax que apresentam células de gordura diferenciadas que são responsáveis, entre outras funções, aumento da termogênese. É muito ativada em dias frios, inclusive.
Pesquisadores japoneses provaram, em 2012, com uso de PET-CT, a atuação da capsaicina da pimenta na estimulação da gordura marrom, dependente da temperatura ambiente. Quanto mais frio, mais ativação da mesma.
A pimenta é muito utilizada nos produtos termogênico atuais, tanto manipulados quanto fabricados.

Mas lembre-se : não há milagres no uso dela. Nada substitui uma boa dieta e atividades físicas intensas praticadas com segurança e orientada por equipe multidisciplinar, com médico do esporte, nutricionista e treinador.

Então, fica a dica: abuse da pimenta e se exercite em dias frios( abaixo de 15°). No Brasil é mais fácil achar a pimenta do que dias frios. Medicamentos manipulados, somente com prescrição médica para sua segurança.

Fonte: Yoneshiro et al, American Society Nutrition, 2012




Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

× Tire Suas Dúvidas