Tempo sentado tem relação com atrofia cerebral


A rotina das grandes cidades exige que fiquemos muito tempo sentados no ambiente de trabalho e em casa. O estilo de vida sedentário já é, comprovado pela ciência, maléfico em vários aspectos da saúde, como aumento do risco de alguns cânceres, doenças cardiovasculares e demências.

Pessoas de meia idade que permanecem longas horas sentadas têm maior chance de desenvolver atrofias em regiões do cérebro, mais especificamente no lobo temporal medial, área responsável pela memória, segundo um recente estudo(*)

Ainda não se sabe ao certo o desfecho disso a longo prazo, pois mais estudos são necessários. Porém, uma dica importante seria a cada 1 hora ou 90 minutos levantar do posto de trabalho, andar pelo local, subir e descer alguns lances de escada. Isso poderia atenuar o efeito deletério do tempo sentado.

Mesmo não se atenuando com atividade física, esta atrofia cerebral poderia deixar menos sequelas em pacientes mais ativos segundo o estudo.

E você, passa muito tempo no computador ou sentado vendo TV? A ciência está cada vez mais mostrando que este é o pior caminho para sua saúde e envelhecimento. Vamos mudar isso!

Dr Luiz Tintori é médico do esporte pela SBMEE

 

* : Siddarth P. 2018Sedentary behaviour associated with reduced medial temporal lobe thickness in middle-aged and older adults. PLos One 13(4): e0195549.




2 Comentários

  • Eu trabalho o dia inteiro sentado, posso ter atrofia cerebral?

    • Dr Luiz Tintori

      Segundo o trabalho sim, Jorge. Ainda não é provado se isso pode causar alguma consequencia no futuro, mas é algo a se pensar. Mesmo o exercicio não melhorando a atrofia, com certeza a sua prática trará beneficios.
      Estou a disposição.
      Abraços!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tire Suas Dúvidas